sexta-feira, 13 de abril de 2012

Sinais nítidos de que ele é um babaca

- Machismo exacerbado: Ele pode sair à noite com os amigos, dar o pé em você na última hora no final de semana, ter a sua senha das redes sociais, cumprimentar ex na rua e o escambal. E você, querida? Nada. Basta que você deseje um shopping com as amigas enquanto ele joga futebol no domingo pra que o caos se instaure. Só é mandada menina que deixa, não custa lembrar.

- Muda na frente dos amigos: Quando a sós, é um doce, o mais romântico possível, um mimoso. Basta que o leve para um churrasco com os amigos dele ou mesmo para sair numa festa à noite, e de repente o príncipe encantado não é mais tanto assim: a deixa de lado, se torna mais frio, praticamente esquece que você existe. Tudo para bancar o machão na frente dos parceiros, lógico. A troco de nada.

- Agressividade surpresa: Estava tudo bem, maravilhosamente lindo, até que, numa briga, ele a ataca com palavras vociferadas sem nem pensar por um segundo, ou (pior ainda), com um apertão no braço. E isso é só o começo. Se o cara é agressivo, é babaca também, pode ter certeza. E o que começa com um tapinha que nem tanto dói no corpo, mas na consciência, só piora ao longo do tempo. Vão por mim. Agressividade, quando aparece, seja física, verbal ou psicológica só revela que talvez você mereça algo (muito) melhor.

- Tecnologia em demasia: Presta atenção ao celular, não se desliga do computador, dá check-in na sua casa, no restaurante, no motel e mesmo no final de semana checa o Twitter e o Facebook de 5 em 5 minutos. É um dos mais sutis avisos, mas, a gente é mulher quer atenção, porra. Piora se sempre tem mulher sendo adcionada, publicando coisas no mural ou curtindo o que ele posta.

- Quer você mudada: A conheceu loira, mas, depois de alguns meses revelou que adora ruivas (numa indireta pra que você pinte o cabelo). Dá a dica para que você coloque silicone, abomina e tira sarro do tipo musical que você curte (e que já sabia ser este quando firmou compromisso), dá pra implicar com as suas roupas, o jeito de falar ou traços da personalidade. Se apaixonou assim, mas com o passar dos meses, parece querer uma nova namorada. Abra alas pra um idiota desses achar outra que não você pra mudar num estalar de dedos do moço. Uma coisa é ajudar e incentivar, outra é desejar uma mudança daquilo que já conhecia.

- Ostentação ridícula: Ele tem carrão, mora bem, faz academia adoidado, usa roupa de marca e bebe e come só do bom e do melhor. Adora comentar as viagens carésimas que já fez, os bens que a família possui, Tudo bem se tivesse um comportamento humilde. Agora, tem muito babaca que usa desses privilégios pra pegar menina, e mais, achar que está conquistando - e tudo que conseguem, a longo prazo, é nojo de menina decente e periguetes interesseiras na cola. Depois não entendem porque não aparece guria legal nunca pra namorar. Mulher curte cara simples, é tão fácil.

- Pãodurice: Não te leva ao cinema porque não quer gastar. Não compra presentes em datas especiais pelo mesmo motivo. Não a busca, não a leva, em função do alto preço da gasolina. Faz com que você pague várias vezes restaurantes, motéis ou passeios a dois, pois ele não pode gastar, não (ainda mais quando a ideia foi sua). Sovinice tem limite, meninos!

- Esquece os bons modos em casa: Trata mal atendentes, subalternos e funcionários públicos. Arrota, mija de porta aberta, parece não saber falar "pro favor" e "obrigado" e não se envergonha de peidar na sua frente. Fica mais de um dia sem tomar banho, faz barraco em lojas, supermercados e restaurantes e até mesmo com o telemarketing que liga sem parar. Assim não dá.

- Ciumento e inseguro a toda hora: Liga de 5 em 5 minutos. Quer saber de todo o seu passado - e se ele for cheio de páginas escritas, vai a incomodar por esse motivo sempre. Se um cara te olha numa festa, já quer partir pra pancadaria. Recusa roupas sensuais, e não acredita quando você diz que o ama, que está em casa, e quietinha. Com o tempo, vai cansando e você se sentindo numa prisão sem fim. Bem triste.